Escolha uma Sede

Sede 1

Chamar no Whatsapp

Sede 2

Chamar no Whatsapp

Sede 3

Chamar no Whatsapp
Em que posso ajudar?

O Ensino Bilíngue na Geração do Saber

O ensino bilíngue nas escolas de educação infantil tem gerado muitas dúvidas e preocupações nos pais atualmente, mas o fato é que quanto mais cedo é estimulado o ensino de um segundo idioma nas crianças, com mais facilidade e rapidez ela desenvolverá o seu raciocínio lógico.

É um mito dizer que o ensino do inglês atrapalha o desenvolvimento do português pois os dois processos ocorrem da mesma maneira e em conjunto, por isso, é comum que filhos de pais de diferentes nacionalidades aprendam ao mesmo tempo os dois idiomas ou mais.

Até os 4 anos de idade, as crianças possuem uma grande capacidade neurológica que as permitem absorver com mais facilidade e guardar informações, o que pode acontecer nessa fase sobre o ensino bilíngue é que elas podem misturar os idiomas sem perceber, mas isso não atrapalha em nada suas atividades cotidianas, e geralmente, a partir dos 5 anos, elas já possuem entendimento de que são idiomas diferentes conseguindo assim separá-los com o propósito de falar um ou outro, sem que ocorra essa mistura involuntária.

Na Geração do Saber, as crianças possuem uma rotina leve e divertida com o ensino bilíngue, onde são colocadas em constante contato com as situações cotidianas através de musicalização, brincadeiras, jogos e atividades através da nossa apostila. As aulas são feitas em sua maior parte em inglês sem ser necessário a tradução para que o desenvolvimento auditivo (Listening) ocorra naturalmente e para que estimule o interesse da criança em saber o que significa aquilo que está ouvindo (Comprehension).

Além disso, é muito importante que o ensino bilíngue seja estimulado também fora do ambiente escolar e por isso, nossa apostila conta com atividades exclusivas para serem realizadas em casa (Homeworks), pelas famílias, além de jogos e outras dicas (músicas, palavras-chaves) que são passadas via aplicativo pela professora para que a prática do inglês continue em casa.

 



Deixe uma resposta