Escolha uma Sede

Sede 1

Chamar no Whatsapp

Sede 2

Chamar no Whatsapp

Sede 3

Chamar no Whatsapp
Em que posso ajudar?

Datas comemorativas estrangeiras!

Datas comemorativas estrangeiras, por que trabalhar?

      Existem inúmeros questionamentos sobre trabalhar datas comemorativas no âmbito escolar, um deles é se o tema trabalhado só implica em representar a data (com desenhos e músicas) ou se existe um contexto em torno disso. Cada instituição tem autonomia para selecionar e organizar os conteúdos a serem ensinados, no entanto, é preciso que haja uma reflexão dos gestores e professores sobre a existência de um verdadeiro sentido na utilização desse recurso como ferramenta pedagógica.

A Pré Escola Geração do Saber proporciona todos os dias, aulas de Inglês com professoras exclusivas, tendo o intuito de inserir na rotina das nossas crianças de forma mais ampla à essa nova língua, nós escolhemos trabalhar as datas comemorativas oriundas de países onde a língua estrangeira é o idioma oficial. As datas que trabalhamos todos os anos são Valentine’s day, St. Patricks, Halloween e Thanksgiving.

Ficaria muito extenso explicar uma a uma, por isso escolhi duas que as crianças mais gostam: Valentine’s e Halloween.

        O Valentine’s Day ou Dia de São Valentim é o Dia dos Namorados celebrado em países como os Estados Unidos e Portugal. Essa celebração tem origem no século III, durante um período em que os homens casados não se alistavam com tanta facilidade em casos de guerra e como o Imperador Cláudio II precisava formar um poderoso exército, decidiu proibir a realização de casamentos. No entanto, um bispo romano chamado Valentim continuou a realizar as cerimônias em segredo e ao ser descoberto foi preso e condenado à morte. Enquanto estava preso ele se apaixonou pela filha cega do carcereiro que, milagrosamente, recuperou a visão. O bispo chegou a escrever uma carta de amor para a jovem com a seguinte assinatura: de seu Valentim*, expressão ainda hoje utilizada. (*from your Valentine).

O Valentine’s Day é uma data muito especial nos Estados Unidos. Na escola, não falamos em dia dos namorados, nossos alunos são incentivados a criarem cartões para trocarem entre seus colegas, e falamos muito sobre o carinho, amizade e respeito que devemos ter uns com os outros.

 

      Halloween ou Dia das Bruxas, é uma celebração popular de culto aos mortos, comemorada anualmente no dia 31 de outubro. O termo tem origem na expressão em inglês “All Hallow’s Eve” (Véspera de Todos os Santos), pois é comemorado dias antes do feriado de 02 de novembro.

Origem do Halloween – Acredita-se que a maioria das tradições de Halloween tenham se originado nos antigos festivais celtas chamados Samhaim, que marcavam a passagem de ano e a chegada do inverno. Para os celtas, o início do inverno representava a aproximação entre o mundo e o “Outro Mundo”, onde vivem os mortos.

Os celtas acreditavam que no início do inverno os mortos regressavam para visitar suas casas e que assombrações surgiam para amaldiçoar seus animais e suas colheitas. Todos os símbolos que hoje são característicos do Halloween eram formas utilizadas pelos celtas para afastar esses maus espíritos.

Embora de origem pagã, o Halloween recebeu esse nome após ser cristianizado pela Igreja Católica, que passou a defini-lo como véspera do Dia de Todos os Santos

 

Símbolos do Halloween – A maioria dos símbolos característicos do Halloween possuem origem nos primórdios da tradição, enquanto outros foram agregados com o tempo. Entre os principais estão: as cores laranja e preto, lanterna de abóbora, máscaras e fantasias, esqueletos e fantasmas, morcegos e o mais popular: gostosuras e travessuras.

      Gostosuras e travessuras: do inglês trick or treat, teve origem na Grã-Bretanha mas foi popularizado nos Estados Unidos nos anos 50. A atividade é voltada para crianças que, fantasiadas, batem de porta em porta perguntando “gostosuras ou travessuras?”. Caso a pessoa não dê algum brinde como doces ou dinheiro, as crianças fazem alguma travessura na sua casa.

Na nossa escola, o halloween é como uma festa a fantasia, trabalhamos a semana fazendo decorações, brincadeiras, e no dia da festa as crianças saem pela escola em busca do tradicional “trick or treat”, fazendo travessuras e ganhando gostosuras. Das datas comemorativas estrangeiras trabalhadas, esta é a que as crianças mais gostam.

 

 



Deixe uma resposta